Aumento na demanda abre oportunidades

O Brasil, líder mundial na exportação de carne, é um dos principais países credenciados a abastecer os mercados asiáticos e africanos na próxima década. O aumento da renda e da população nos centros urbanos asiáticos,vai fazer com que a demanda por aves, bovinos, suínos e ovinos cresça em ritmo maior do que a por produtos agrícolas, de agora até 2023, segundo relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).
A agropecuária brasileira tem potencial e tecnologia para fornecer da produção adicional necessária para atender a mercados que passaram a buscar uma alimentação mais nobre, após melhorarem de vida.O índice de insegurança alimentar no mundo vem diminuindo a cada ano, com milhões de pessoas saindo da linha da pobreza e passando a consumir carne, leite, ovos e derivados explica Adriano Mallet consultor da Cycloar, empresa do setor de armazenagem de grãos.
O relatório Perspectivas Agrícolas 2014-2023FA, da FAO, divulgado no mês passado em Roma, mostra que 75% da produção agropecuária adicional a ser consumida no mundo será suprida por países da Ásia e da América Latina.

Autor: Assessoria de Comunicação Itabom - Mariana Ortigosa Vilhalva

Fonte: Avicultura Industrial

URL: http://www.itabom.com.br/frangoitabom