Batata-doce!

Companheira do Frango Itabom, a batata-doce ganhou fama de aliada no emagrecimento. E não é para menos. Esse tubérculo é o mais nutritivo entre os carboidratos. Ela tem mais cálcio e o dobro de fibras que a batata inglesa e que a mandioca, além de ser riquíssima em proteínas (ajuda na manutenção dos músculos), potássio (controla a pressão arterial) e fósforo (aumenta a disposição). Fora isso, ela é quase um complexo vitamínico, rica em antioxidantes e vitaminas A, B, C.

A batata-doce é uma fonte de carboidrato de baixo índice glicêmico, ou seja, faz com que a glicose seja liberada de forma mais lenta, sem provocar picos e sem aumentar a produção de insulina. Dessa forma o pâncreas não precisa trabalhar tanto assim para levar o açúcar para dentro das células e estimular o organismo a estocar gordura.

É considerada uma fibra insolúvel, que resiste às enzimas do intestino delgado, fazendo com que o organismo elimine gordura e açúcares.

Seu sabor adocicado confere aos pratos com batata-doce combinações mais exóticas. Ela combina bem com mel, canela e coco, dando origem a diversos doces. O preparo salgado também é gostoso. Faça assada ou cozida, substituindo as batatas tradicionais. Uma dica: com a casca, ela ganha sabor rústico e tem ainda mais nutrientes.

Cultivo:

A melhor época para colheita de batata-doce é a estação do inverno, quando a planta está em repouso e a qualidade do produto é melhor. Contudo, pode-se ter a batata-doce durante quase todo o ano. Basta que se faça o plantio em diferentes épocas e que se cultivem variedades precoces ao lado de variedades tardias.

A batata-doce cresce melhor em clima tropical ou subtropical, com temperaturas acima de 20°C, sendo que a temperatura ideal para o cultivo situa-se entre 24°C e 26°C. Em locais com temperaturas baixas a batata-doce pode ser cultivada em estufas.

 

Sugestão de Preparo: Nhoque de Batata Doce

Ingredientes
3 batatas doce grande;
1 ovo;
Sal;
Noz moscada a gosto e opcional;
Canela a gosto e opcional;
Farinha branca ou integral.

Modo de Preparo
Cozinhe as batatas e esmague com um garfo ou passe pelo espremedor. Deixe esfriar. Acrescente o ovo batido, sal, noz moscada e canela a gosto. Vá acrescentando farinha até dar o ponto que não gruda nas mãos. Enrole tiras finas e corte em pedaços de mais ou menos um 1 cm. Coloque uma panela de água com uma pitada de sal e um filete de azeite para ferver.
Depois que ferver, coloque os nhoques e cozinhe por mais ou menos 20 minutos ou até ficar "al dente". Escorra e sirva com molho de sua preferência.

 

 

 

 

Autor: Assessoria de Comunicação Itabom - Mariana Ortigosa Vilhalva

URL: www.itabom.com.br